Insights

Vendas de marca própria crescem 6,1%
Artigo

Vendas de marca própria crescem 6,1%

Entre agosto de 2014 e agosto deste ano, as marcas próprias movimentaram R$ 3,6 bilhões de reais no Brasil. O número foi 6,1% maior do que o registrado no período anterior. O aumento deste segmento, entretanto, foi inferior ao das demais marcas, o que implica na perda de -0,1%. Desse modo, as marcas próprias alcançaram apenas 5,1% de participação no mercado total. Essa pequena participação deve-se ao fato de que ainda existe certo receio do consumidor em relação à marca própria devido a seu custo mais baixo, o que consequentemente também colabora para o enfraquecimento de seu desempenho.

Na América Latina, o mercado de MP movimentou US$ 1,4 bilhão em 2014, sendo 36% representados pelo Brasil, seguido por México, Colômbia, Chile e Porto Rico. Um percentual considerável, mas ainda abaixo do que o varejo brasileiro é capaz de absorver. Na Espanha, por exemplo, esse índice salta para 42,9% e nos Estados Unidos para 17,5%. No Brasil, oportunidades para expansão não faltam, já que a penetração das marcas próprias ainda é muito pequena no Cash&Carry (atacarejo) (6,2%) e no canal Farma (1,8%).

Antes de pensar em como planejar uma expansão efetiva, é preciso compreender que para cada canal ocorrem movimentações diferentes com a marca própria, o que exige dos varejistas diferentes focos estratégicos. Tendo isso em mente, além de destacar na comunicação as qualidades e vantagens dos produtos de MP (que vão além do preço), procurar se diferenciar no mercado por meio de inovações e ser mais competitivo em relação às marcas fabricantes para sustentar as vendas é fundamental. Confira abaixo alguns insights estratégicos para cada canal: