Insights

Mesmo com os bons resultados da Black Friday, segmento de livros apresenta queda
News

Mesmo com os bons resultados da Black Friday, segmento de livros apresenta queda

A Black Friday, que aconteceu no dia 27 de novembro no Brasil, trouxe bons resultados para a economia do país, no entanto, as vendas, tanto em volume (-2,3%) quanto em faturamento (-1,2%), apresentaram queda em 2015, comparado aos resultados do mesmo período de 2014.

Os preços médios se mantiveram, com variação de 1,1%. Já o desconto médio ofertado no período (23,34%), pela primeira vez em 2015, foi maior que no ano anterior (22,27%), ocasionado pelas as ações da Black Friday.

No acumulado de 2015 até o momento, observou-se um crescimento de 3,91% em volume e 4,48% em faturamento, comparando com o mesmo período do ano anterior. O gênero campeão continua sendo Não ficção trade, sendo Lazer e Estilo de Vida e Culinária e Gastronomia seus destaques.

“Até o final do ano, com as compras de Natal, a previsão é o aumento de vendas, mesmo que ainda diluído pela alta inflação. Em 2016, no entanto, se o desconto agressivo deixa de ser argumento de venda, o conteúdo e a eficiência produtiva serão ingredientes determinantes. Para o novo ano também ficam duas perguntas: As editoras repassarão a inflação? O que aconteceria no consumo do livro com esse repasse, considerando que muitas categorias são elásticas?”, comenta Ismael Borges, executivo responsável pela Nielsen Bookscan para o Brasil.

Fonte: *T. Mercado – Período 12: 2014 (03/11 a 30/11/2014) x 2015 (02/11 a 29/11/2015) – Fonte: Nielsen | Nielsen BookScan

Metodologia

Conteúdo divulgado no 10º Painel das Vendas de Livros do Brasil, apresentados pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e pela Nielsen. Para a realização do Painel, os dados são coletados diretamente do “caixa” das livrarias, e-commerce e varejistas colaboradores. As informações são recebidas eletronicamente em formato de banco de dados. Após o processamento, os dados são enviados online e atualizados semanalmente.

Nielsen Bookscan é o primeiro serviço de monitoramento de vendas de livros no mundo, presente em dez países, e o resultado de seu trabalho é um forte instrumento de decisão para as editoras que trabalham com estes dados.  O SNEL divulga o Painel das Vendas de Livros no Brasil a cada quatro semanas.