Insights

Consumo de maquiagem cresce entre as brasileiras
Artigo

Consumo de maquiagem cresce entre as brasileiras

{“order”:4,”name”:”pubdate”,”attributes”:{“sling:resourceType”:”nielsenglobal/components/content/publishdate”},”children”:null}

Mesmo em meio a um cenário econômico desafiador, em que a população está com o bolso mais apertado, a categoria de maquiagem ganhou mais de 2 milhões de consumidoras no último ano. Qual o perfil dessas consumidoras e o que pode ter causado essa grande movimentação? Analisamos algumas tendências desse mercado.

QUEM SÃO ELAS? Entre as 2 milhões de novas consumidoras de maquiagem, mais da metade (61%) está na faixa etária de 19 a 25 anos e fazem parte da chamada geração Millenials, formada por mulheres altamente conectadas e que, muitas vezes, fazem mais compras por impulso, inclusive no meio on-line, em comparação com a média da população. Este específico público feminino, que se torna vaidoso cada vez mais cedo, caracterizará as tendências de mercado, uma vez que é composto por mulheres do futuro, e influenciará as próximas gerações.

Outro ponto interessante que também impacta essa movimentação é a maior entrada de mulheres no mercado trabalho, que cresce a cada ano e possibilita que o público feminino tenha controle sobre o seu próprio consumo.

PROMOÇÃO EM ALTA: uma das alavancas de execução que impulsinou as vendas de maquiagem foi a promoção. Ela ganhou relevância para a categoria, especialmente entre as consumidoras economicamente afetadas*. Para manter seu hábito de consumo, essas mulheres ajustam suas contas e buscam por oportunidade de melhor custo benefício. Embora haja mais consumidoras, a categoria de maquiagem cresceu 4% em faturamento  no ano de 2015, abaixo da inflação, em que as marcas mais em conta ganharam espaço.

* Que afirmam ter dívidas e que não conseguirão quitá-las nos próximos meses.

PRESENTE BOM E BARATO: Entre as novas consumidoras de maquiagem, 35% delas afirmam terem sido presenteadas com algum item desse segmento. No mercado de beleza, a maquiagem aparece como uma opção barata de mimo em comparação com outras categorias como, por exemplo, fragrâncias e cuidados para a pele. Em momentos de crise, ouve-se muito falar da opção “mais em conta” como forma de presentear ou de suprir a necessidade de indulgência (busca por produtos com maior valor agregado), e os itens de maquiagem podem ser beneficiados nesse cenário.