Insights

Informar-se uma prioridade para todas as gerações
Artigo

Informar-se uma prioridade para todas as gerações

{“order”:4,”name”:”pubdate”,”attributes”:{“sling:resourceType”:”nielsenglobal/components/content/publishdate”},”children”:null}

Embora muitos pensem que hoje as redes sociais ou a Internet são os meios preferidos para obtenção de notícias, atualmente, nosso Estudo Global Estilos de Vida das Gerações revelou que os meios de comunicação tradicionais ainda são as principais fontes de informações.

Os participantes deste estudo utilizam uma combinação de fontes tradicionais e digitais para se manterem atualizados. Na América Latina, a maioria com mais de 35 anos prefere a TV, que também segue como fonte favorita de 53% da Geração Y e, em igual número, da Geração Z. Da mesma forma, os buscadores são as ferramentas favoritas da Geração Y, quando comparada às demais gerações, seguindo-se pelos Baby Boomers e pela Geração Silenciosa. Os buscadores são a fonte preferida de maneira muito similar entre todas as idades.

A mídia impressa é a favorita das gerações mais velhas, da mesma forma que o rádio é mais forte entre as pessoas com mais de 65 anos.

Enquanto as redes sociais assumem a liderança em relação a outros meios de comunicação, tais como portais na Internet de mídias tradicionais, sendo as favoritas, especialmente, para as gerações mais jovens e elas também são representativas para pelo menos 3 em cada 10 pessoas da Geração X, Baby Boomers e da Geração Silenciosa.

Metodologia

A pesquisa Global Nielsen, Estilo de Vida das Gerações entrevistou 30.000 pessoas online em 60 países para compreender melhor o sentimento geral dos consumidores e entender como a vida difere entre as gerações. Para os propósitos deste estudo, os entrevistados são segmentados em cinco classificações sobre seus estágios de vida: Geração Z (idade 15-20), Geração Y (21-34), Geração X (35-49), os Baby Boomers (50-64) e a Geração Silenciosa (65 anos ou mais).