Insights

Mercado livreiro sente impacto da atual instabilidade econômica do país
News

Mercado livreiro sente impacto da atual instabilidade econômica do país

{“order”:4,”name”:”pubdate”,”attributes”:{“sling:resourceType”:”nielsenglobal/components/content/publishdate”},”children”:null}

O mercado editorial continuou apresentando um cenário negativo neste 5º período*. Comparado ao mesmo período no ano anterior*,  observa-se uma queda das vendas em volume (-31,56%) e em faturamento (-23,03%), evidenciando a ausência de um fenômeno de vendas, como o dos livros de colorir, além da instabilidade econômica que o país enfrenta. 

Mesmo em uma simulação comparativa entre 2016 e 2015 no mesmo espaço de tempo*, excluindo as vendas dos títulos de colorir do total do 5º período de 2015 (17,61% das vendas em volume e 14,48% do faturamento), o resultado apresentado ainda não é favorável, com retração de 16,93% em volume e ganho de apenas 10% em valor. 

Analisando os números acumulados** das 20 semanas transcorridas, a apuração permanece em alerta. Ao relacionar o mesmo acumulado de semanas com 2015, o resultado é negativo em volume (-15,91%) e em valor (-6,54%).  

Esses são alguns dos dados contidos no 5º Painel das Vendas de Livros do Brasil em 2016, apresentados pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e pela Nielsen.  Os números têm como base o resultado de Nielsen BookScan Brasil, que apura as vendas das principais livrarias e supermercados no país. 

* T. Mercado – Período 5: 2015 (20/04 a 17/05/2015) x 2016 (25/04 a 22/05/2016)
**T. Mercado – Acumulado WK01 / WK20: 2015(29/12/2014 a 17/05/2015) x 2016 (04/01 a 22/05/2016)
Fonte: Nielsen | Nielsen BookScan

Metodologia

O objetivo da criação do Painel é dar mais transparência à indústria editorial brasileira. A iniciativa da parceria entre o SNEL (Sindicato Nacional dos Editores de Livros) e a Nielsen disponibiliza para o setor dados atualizados que poderão contribuir nas tomadas de decisões por empresários de todos os portes.

Para a realização do Painel, os dados são coletados diretamente do “caixa” das livrarias, e-commerce e varejistas colaboradores. As informações são recebidas eletronicamente em formato de banco de dados. Após o processamento, os dados são enviados online e atualizados semanalmente.

Nielsen Bookscan é o primeiro serviço de monitoramento de vendas de livros no mundo, presente em dez países, e o resultado de seu trabalho é um forte instrumento de decisão para as editoras que trabalham com estes dados. O SNEL divulga o Painel das Vendas de Livros no Brasil a cada quatro semanas.