Insights

Vendas de repelentes continuam em ritmo acelerado no Brasil
Artigo

Vendas de repelentes continuam em ritmo acelerado no Brasil

Com a temporada de chuvas neste verão, volta à tona a preocupação com as grandes epidemias como dengue, zika e, mais recentemente, febre amarela. Uma das alternativas de prevenção do brasileiro é o uso do repelente. A expansão das vendas deste segmento tomou ritmo maior nos últimos anos, beneficiando a indústria.

Segundo dados recentes da Nielsen, as vendas de repelentes em 2016, comparando com o ano anterior, cresceram 84% em faturamento e 49% em volume de vendas no mercado brasileiro. As regiões* com maior representatividade foram a Nordeste e Leste (que compreende Minas Gerais, Espírito Santo e o interior do Rio de Janeiro), onde o volume aumentou 97% e 94,8%, respectivamente.

*classificação Nielsen / Fonte: Retail Index Enhancement. T.Brasil Alimentar + Farma, Full Year 2015 e 2016