Insights

Tendências econômicas e de consumo globais e locais em 2018
News

Tendências econômicas e de consumo globais e locais em 2018

À medida que 2018 começou a desacelerar, as tendências econômicas e de consumo para a maioria dos mercados em todo o mundo apresentaram melhores resultados em relação ao início do ano. A confiança em escala global encerrou o terceiro trimestre de 2018 com dois pontos a mais do que no período anterior, e, como resultado, as vendas de bens de consumo de giro rápido (FMCG) em muitos países tendem para cima.

Embora uma série de fatores contribua para as condições econômicas e de gastos de em cada mercado, a inflação continua sendo uma constante relativa em muitos deles – e esteve por trás dos modestos aumentos de vendas de FMCG que alguns países relataram no período.

Em toda a Europa, o volume de vendas caiu em apenas cinco países. Na América do Norte, tanto os EUA quanto o Canadá viram um retorno ao modesto crescimento das vendas de dólares, mas a inflação continua mantendo as vendas em volume relativamente estáveis. Na América Latina, a economia continuou sendo a principal preocupação entre os consumidores, o que refletiu em seus gastos, uma vez que as vendas em dólar caíram em relação ao trimestre anterior. No entanto, as condições econômicas da região estiveram melhores, comparadas ao início do ano, com crescimento nominal de FMCG no terceiro trimestre quase 4%. Do ponto de vista econômico, a região Ásia-Pacífico se destacou mundialmente, já que seis dos dez países da região apresentaram o maior crescimento do PIB globalmente. E na África-Oriente Médio, a leve recuperação econômica da região cresceu no Q3,, sugerindo uma perspectiva de FMCG favorável para o quarto trimestre.

Condições econômicas à parte, os consumidores devem ser o ponto focal para todas as empresas de produtos de consumo. Eles são os motores que moldam o caminho para o crescimento e, com grande parte do crescimento de FMCG de hoje, resultado da inflação crescente, é importante que as marcas e os profissionais de marketing compreendam as verdadeiras necessidades do consumidor e as atinjam por meio de canais e plataformas.

Conheça os principais destaques do Brasil para o penúltimo trimestre de 2018:

Nos últimos anos, o Brasil vivenciou um cenário de recessão e incertezas tanto no ambiente econômico, como no político e social, mas apresentou sinais de recuperação, com um tímido crescimento do PIB até Setembro de 2018 (1,4%), comparado ao mesmo período em 2017 (1,0%) e a retomada do crescimento da Confiança do Consumidor no terceiro trimestre (88). No entanto, elementos como a alta taxa de desemprego e o menor poder de compra, somados à incerteza política e a eventos como a greve dos caminhoneiros (Maio/18) dificultaram níveis mais sustentáveis de crescimento da economia.  

Após a crise, o brasileiro ficou mais racional, cauteloso e planejado, estando aberto à troca de marcas, buscando fontes alternativas de renda, recorrendo ao crédito no mercado e ampliando o número de canais que visita. Tais fatores contribuíram fortemente com a queda das vendas de bens de consumo de giro rápido (FMCG) em volume (-1,7% ano móvel Q3 2018) na maioria das categorias.

O consumidor também passou a visitar mais formatos de canais varejistas em 2018, de modo a economizar em alguns itens para poder investir em outros de sua preferência. O e-commerce também faz parte de tais mudanças nos hábitos de consumo do país, inclusive para produtos de giro rápido.

A indústria e o varejo, neste contexto, precisam atuar em colaboração para acessar esse consumidor, que adquire um novo comportamento, de maneira ainda mais proativa, estruturada e estratégica, não apenas reagindo às dificuldades dos consumidores com ações exclusivamente táticas e relacionadas a preço, mas também atuando de maneira inovadora para se diferenciar e gerar mais valor agregado.

NOTAS

Para mais insights, faça o download do reporte lite Quarter By Numbers Q3 2018.

Os clientes interessados ​​nos relatórios Quarter By Numbers Q3 2018 devem entrar em contato com o representante local da Nielsen.

Os não clientes interessados ​​nos relatórios Quarter By Numbers Q3 2018 podem adquiri-los em nosso site de comércio eletrônico (links diretos abaixo):