Ainda sem sentir os efeitos da Greve Nacional dos caminhoneiros, mercado livreiro mantêm performance de crescimento

Entretenimento | 07-06-2018

Ainda sem mensurar o impacto da greve dos caminhoneiros, o quinto período* do mercado livreiro apresentou boa performance, comparativamente ao mesmo intervalo de 2017.

Os resultados analisados* mostraram crescimento de 10,23% em volume e 11,78% em faturamento. Na soma das vinte semanas de 2018**, em relação ao ano anterior, o varejo de livros também permaneceu em recuperação com números positivos tanto em volume, 9,49%, quanto em faturamento, 13,84%.

Um dado interessante deste acumulado é a queda da importância dos Tops 500 e 5.000 títulos mais vendidos. Esta desconcentração pode ser traduzida como uma menor dependência sobre os títulos mais vendidos e uma busca maior de fundo de catálogo - parte em função de promoções.

Nielsen Bookscan

“Esses bons resultados não podem nos fazer perder de vista que os próximos períodos serão desafiadores. Teremos como mensurar o impacto da crise dos caminhoneiros, além da abertura da Copa do Mundo. O varejo deve sentir algum efeito, provavelmente mais concentrado no sétimo período”, comenta Ismael Borges, líder da Nielsen Bookscan Brasil.

Esses são alguns dos dados do 5º Painel das Vendas de Livros no Brasil em 2018, apresentados pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e pela Nielsen. Os números têm como base o resultado da Nielsen BookScan Brasil, que apura as vendas das principais livrarias e supermercados no país.

* T. Mercado – Período 05: 2017 (24/04 a 21/05/2017) x 2018 (23/04 a 20/05/2018)
** T. Mercado – Acumulado WK01 / WK20: 2017 (02/01 a 21/05/2017) x 2018 (01/01 a 20/05/2018)
Fonte: Nielsen | Nielsen BookScan
 

Metodologia

O objetivo da criação do Painel é dar mais transparência à indústria editorial brasileira. A iniciativa da parceria entre o SNEL (Sindicato Nacional dos Editores de Livros) e a Nielsen disponibiliza para o setor dados atualizados que poderão contribuir nas tomadas de decisões por empresários de todos os portes.
Para a realização do Painel, os dados são coletados diretamente do “caixa” das livrarias, e-commerce e varejistas colaboradores. As informações são recebidas eletronicamente em formato de banco de dados. Após o processamento, os dados são enviados online e atualizados semanalmente.

Nielsen Bookscan é o primeiro serviço de monitoramento de vendas de livros no mundo, presente em dez países, e o resultado de seu trabalho é um forte instrumento de decisão para as editoras que trabalham com estes dados. O SNEL divulga o Painel das Vendas de Livros no Brasil a cada quatro semanas.

SOBRE O SNEL - Criado em 1940, o Sindicato Nacional dos Editores de Livros tem como finalidade o estudo e a coordenação das atividades editoriais, bem como a proteção e a representação legal da categoria de editores de livros e publicações culturais em todo o Brasil. Como representante da categoria editorial, o SNEL é filiado à International Publishers Association (IPA) e ao Centro Regional para el Fomento del Libro en America Latina y el Caribe (Cerlalc). O Sindicato mantém articulações permanentes com diversas entidades, tanto governamentais quanto privadas, com o objetivo de fomentar a política do livro e da leitura no país. Para mais informações, visite o site www.snel.org.br.
 

Tagged:  BOOKS