woman on tablet in living room

Compras online de alimentos crescem 15%, globalmente, nos últimos dois anos

FMCG e Varejo | 17-12-2018

Levando a um incremento médio de US$70B para as vendas de FMCG online

Compras online de produtos embalados e frescos cresceram 15% nos últimos dois anos. O consumidor está mais confiante no ecossistema do e-commerce, ampliando sua gama de categorias compradas via digital, o que proporcionou um crescimento médio de US$70 bi para as vendas de FMCG online.

O relatório Comércio Conectado de 2018, que analisa os hábitos de compra online dos consumidores, concluiu que 95% dos consumidores globais com acesso à internet fizeram pelo menos uma compra online no período analisado*, apresentando um aumento de 1% em relação a 2017 e 2% em relação a 2016. O relatório também revelou que 26% dos consumidores digitais compraram alimentos frescos online, um incremento de 15% entre 2016 e 2018, o que contribui para o crescimento geral do comércio eletrônico de FMCG, que a Nielsen estima ter crescido cerca de US$70 bilhões, globalmente, nos últimos dois anos.

As categorias de e-commerce de Moda, Viagens e Livros continuam a representar a maior proporção de transações online mundialmente (61%, 59% e 49% dos consumidores, respectivamente, compraram dentro da categoria). Já as categorias que registram o crescimento mais significativo na atividade de e-commerce incluem entregas de restaurantes, as quais 33% dos consumidores online fizeram uma compra (até 2pts vs 2017), alimentos embalados (até 3 pts a 30%) e alimentos frescos ( até 2pts a 26%).

No Brasil, dentre as categorias mais compradas estão “Perfumaria e Cosméticos”, “Moda”, “Livros e Música” e “Eletrônicos”. As categorias com maior crescimento foram Beleza e Cuidado Pessoal (41%), Comida para Pets (15%) e Vinhos e Bebidas Alcoólicas (16%).

Conforme o consumidor aumenta seu nível de familiarização no e-commerce, seu repertório de categorias se expande

“Assim como ocorre globalmente, no Brasil também observa-se que o consumidor tem mais confiança em efetuar compras online e passa a experimentar novos grupos de produtos por este canal. Observamos pelos dados de Ebit|Nielsen que Perfumaria e Cosméticos foi o destaque de 2018 no país. Essa categoria representa o primeiro lugar do ranking das mais compradas no e-commerce brasileiro em número de pedidos. Alimentos e Bebidas é outra categoria que apresenta crescimento e maior interesse, principalmente pelos novos serviços oferecidos: entrega no mesmo dia e coleta no ponto de vendas”, comenta Ana Szasz, líder da Ebit|Nielsen.

O estudo revela que os consumidores estão mais abertos a comprar alimentos embalados e frescos online quando são oferecidas certas opções de compra e garantias de qualidade. Quase metade (49%) dos consumidores globais assume que a garantia de devolução do dinheiro para produtos que não correspondem ao que foi pedido os encorajaria a comprar online, sendo 56% Brasil. Mais de 45% dos consumidores são atraídos pelo serviço de substituição de produtos no mesmo dia para produtos indisponíveis, globalmente, (48% no Brasil), enquanto 44% procuram serviços de entrega gratuitos para compras acima de um gasto mínimo (50% no Brasil).

“Conforme aumenta a adoção das compras online pelo consumidor, o espaço do e-commerce em constante evolução torna tênue as fronteiras entre online e offline”, finaliza Ana Szasz. “

*Webshoppers 38 - Ebit|Nielsen - Q1 e Q2/2018
 

Metodologia

O relatório Comércio Conectado fornece uma compreensão do consumidor global conectado, características de compras, evolução da categoria e barreiras para identificar futuras perspectivas de crescimento. Ele identifica as principais categorias online e as alterações em suas penetrações em conjunto com o comportamento de compra via e-commerce e as expectativas dos consumidores em relação a uma experiência de compra online. Os insights ajudarão as empresas de FMCG a formular estratégias para melhorar as experiências de compra dos consumidores no mundo digital.

Tagged:  SHOPPER  |  CONSUMER  |  BENS DE CONSUMO E VAREJO  |  E-COMMERCE