Setor livreiro tem queda de 12,2% em volume de vendas e 11% em faturamento, no quarto período do ano

Desconto médio das publicações segue em patamares abaixo dos registrados em 2018, refletindo políticas comerciais mais saudáveis.

Entretenimento | 14-05-2019

O mercado livreiro fechou mais um mês em queda de faturamento e volume de vendas, mas o ritmo de retração diminuiu, se comparado aos meses anteriores de 2019. Abril registrou um declínio de 12,2% em volume de livros comercializados e o faturamento teve redução de 11%.

No mesmo período de 2018, o volume de vendas era de 3,27 milhões de exemplares e neste ano passou para 2,86 milhões, o que representa uma diminuição no faturamento nominal de R$ 138,967 milhões para R$ 123,820 milhões.

No acumulado do ano, volume e faturamento ficaram, respectivamente, em 20,3% e 19,2% negativos em relação ao que foi registrado em 2018, no mesmo período. Nos quatro primeiros meses de 2019, foram comercializados 12,2 milhões de livros, enquanto que em 2018 o total registrado foi de 15,3 milhões.

O desconto médio das publicações segue em patamares abaixo dos registrados em 2018, o que representa a adoção de políticas comerciais mais saudáveis para o comércio de livros. No acumulado do ano a variação é de 4 pontos percentuais em desconto.

O setor aguarda o mês de maio e os reflexos que o Dia das Mães, , uma das principais datas no calendário anual do varejo vai representar para as vendas de livros.

Esses são alguns dos dados do 4º Painel das Vendas de Livros no Brasil em 2019, apresentados pela Nielsen Bookscan e pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL). 

T. Mercado – Período 04: 2018 (26/03 a 22/04/2018) x 2019 (25/03 a 21/04/2019)
T. Mercado – Acumulado WK01 / WK16: 2018 (01/01 a 22/04/2018) x 2019 (31/12/2018 a 21/04/2019)

Fonte: Nielsen | Nielsen BookScan

Metodologia

 O objetivo da criação do Painel é dar mais transparência à indústria editorial brasileira. A iniciativa da parceria entre o SNEL (Sindicato Nacional dos Editores de Livros) e a Nielsen disponibiliza para o setor dados atualizados que poderão contribuir nas tomadas de decisões por empresários de todos os portes. Para a realização do Painel, os dados são coletados diretamente do “caixa” das livrarias, e-commerce e varejistas colaboradores. As informações são recebidas eletronicamente em formato de banco de dados. Após o processamento, os dados são enviados online e atualizados semanalmente.

Nielsen Bookscan é o primeiro serviço de monitoramento de vendas de livros no mundo, presente em dez países, e o resultado de seu trabalho é um forte instrumento de decisão para as editoras que trabalham com estes dados. O SNEL divulga o Painel das Vendas de Livros no Brasil a cada quatro semanas.

*T. Mercado – Período 02: 2018 (29/01 a 25/02/2018) x 2019 (28/01 a 24/02/2019) T. Mercado – Acumulado WK01 / WK08: 2018 (01/01 a 25/02/2018) x 2019 (28/01 a 24/02/2019). Fonte: Nielsen | Nielsen BookScan. 

Tagged:  CONSUMER  |  BOOKS  |  BENS DE CONSUMO E VAREJO