Imprensa

Consumidores brasileiros buscam categorias que tragam benefícios a sua vida

Categorias como sabonetes líquidos antibacterianos, inseticida spray automático e iogurtes funcionais crescem 13% quando comparadas a categorias de segmentos básicos, que cresceram apenas 5.2%

São Paulo, Brasil, março de 2012 – O consumo brasileiro está mudando: a ampliação da oferta de produtos de maior valor agregado, o crescimento da importância dos níveis socioeconômicos médio e baixo, a maior diversificação nos gastos dos lares e a maior confiança na economia do país são bons exemplos desse novo momento do consumo. Para explicar essas oportunidades de crescimento, a Nielsen (www.nielsen.com), provedora global de informações e insights, apresenta o estudo Mudanças no Mercado Brasileiro (MMB) de 2012, demonstrando os canais de maior destaque no último ano e o novo comportamento de consumo brasileiro, marcado por categorias que trazem mais benefícios aos consumidores.

Benefícios – A pesquisa mostra que o shopper das classes D e E acessam produtos de menor desembolso, mas nem sempre de menor preço. “O shopper das classes mais baixas têm menos espaço para errar, por isso procura produtos de marcas líderes, cujos benefícios são garantidos a ele e a sua família”, explica Ramon Cassel, analista de mercado da Nielsen.

Segmentos básicos como sabonetes sólidos, whisky nacional, inseticida comum e iogurtes regulares cresceram 5,2% em 2011, enquanto sabonetes líquidos antibacterianos, whisky importado, inseticida spray automático e iogurtes funcionais tiveram um desempenho de vendas de 13% no mesmo período. Em valor, essa diferenciação de categorias pode chegar até 4,6%.

“O consumidor está percebendo e buscando categorias de maior valor agregado e conseguem acessá-las quando os fabricantes se movimentam para atingir os anseios desses consumidores”, pontua Ramon.

O acesso a essas categorias é alavancado por quatro ações pontuais: redução temporária de preço, que proporciona maior acessibilidade às categorias de maior valor; promo pack, como leve 2 pague 1; brindes grátis, que gera um aumento da compra incremental; além de embalagens econômicas e diferentes opções de desembolso das categorias. A pesquisa também mostra que essas ações realizadas no ponto de venda têm resultados mais efetivos no curto prazo, já as de TV e internet no longo prazo. As categorias de marcas premium e inovadoras também apresentam potencial de crescimento em países emergentes. 

Canais em destaque – Mesmo com um bom desempenho em quase todos os canais – Bar apresenta pequena retração –, o canal Farma cresce três vezes mais do que a média de crescimentos dos canais no país e aparece como o grande destaque em 2011. Prova disso são os 10% a mais de shoppers e 12% a mais de gastos, no mesmo período, com maior contribuição das classes baixas. O índice de recompra chega a 72% do crescimento do canal. E não por acaso. Quando comparado a autosserviços de cinco ou mais caixas, 58% dos itens em comum nos dois canais têm menor preço e 55% dos itens exclusivos são premium.

Surpresa – Mas a grande surpresa fica por conta do Cash & Carry, que traz o consumidor final como o seu principal cliente, tendo alcançado 1,8 milhões de lares a mais em 2011. Para se ter uma ideia da importância do canal, na cesta de Higiene e Beleza, por exemplo, o percentual de compra do consumidor final chega a 73%, contra 27% dos varejistas e transformadores.

Do total das categorias, quando comparado ao hipermercado, o shopper de Cash & Carry possui 57% a mais de frequência de compra e 73% a mais de intensidade de compra.

Sobre a Nielsen

Nielsen Holdings N.V. (NYSE: NLSN) é uma empresa global de informações e mensuração com posições líderes em informações de mercado e de consumo, mensuração de audiência televisiva e de outros meios de comunicação, inteligência online, mensuração de plataformas móveis, feiras e setores relacionados. A Nielsen está presente em aproximadamente 100 países, com sedes em Nova York, EUA e Diemen, Holanda. Para maiores informações, por favor, acesse www.nielsen.com

Contato para imprensa

Versátil Comunicação Estratégica (www.versatilcomunicacao.com.br)
Mariana Vieira ([email protected])
Sandra Takata ([email protected])
Tel: (11) 2832-5505