Imprensa

Consumidores da américa latina são os que consideram mais relevante a publicidade na internet

A opinião de consumidores postadas na internet já aparece como a segunda fonte mais confiável para informações e mensagens de marcas

São Paulo, Brasil, abril de 2012 – Os consumidores da América Latina são os que mais consideram relevantes as propagandas na internet, em comparação às outras regiões ao redor do mundo, aponta a mais recente pesquisa Global sobre Confiança em Propaganda e Mensagens de Marcas, realizada pela Nielsen (www.nielsen.com), provedora global de informações e insights.

Anúncios exibidos em resultados de busca são relevantes para 42% da população mundial. Na América Latina, apresentando uma força bem maior, esse percentual atinge 53% da região. Europa e América do Norte são os que apresentam menores índices com, respectivamente, 27% e 39%

Mas a abrangência desse meio de comunicação não para por aí: vídeos publicitários, anúncios em redes sociais e banners publicitários na internet também conquistam quase metade dos latino-americanos. Respectivamente 44%, 45% e 41% deles consideram relevante esse tipo de conteúdo. Ainda abaixo, a média global fica em 36%, 36% e 33%.

Além disso, o estudo, conduzido entre agosto e setembro de 2011 com mais de 28 mil internautas em 56 países, destaca que apesar das recomendações de produtos por conhecidos, o chamado boca a boca, ainda ser forte, 70% dos consumidores ao redor do mundo confiam na opinião de outros consumidores postadas na internet, tornando-se a segunda fonte mais confiável para informações e mensagens de marcas, com um aumento de 15% nos últimos quatro anos. O “boca a boca online” na América Latina atinge 58% da confiança dos consumidores.

De acordo com o analista de mercado da Nielsen, Claudio Czarnobai, “a pesquisa comprova que os níveis mais altos de relevância encontram-se nos meios de comunicação nos quais o consumidor está ativamente buscando informações, tais como websites de marcas, opiniões de consumidores postadas na internet ou e-mails solicitados”, esclarece.

Outro ponto de destaque é que apesar de quase metade dos consumidores ao redor do mundo declararem que confiam em comerciais de TV, 47%, propagandas em revistas, 47% e em jornais 46%, a confiança caiu 24%, 20% e 25%, respectivamente, entre 2009 e 2011. E mesmo com essa queda a maior parte do investimento publicitário ainda é direcionado para mídias tradicionais ou pagas, tais como televisão.

“Os anunciantes de marcas bem-sucedidas sempre buscarão formas de se conectar melhor com os consumidores, mas agora devem buscar influenciar opiniões e promover experiências diferenciadas”, finaliza Czarnobai.

Sobre a Nielsen

Nielsen Holdings N.V. (NYSE: NLSN) é uma empresa global de informações e mensuração com posições líderes em informações de mercado e de consumo, mensuração de audiência televisiva e de outros meios de comunicação, inteligência online, mensuração de plataformas móveis, feiras e setores relacionados. A Nielsen está presente em aproximadamente 100 países, com sedes em Nova York, EUA e Diemen, Holanda. Para maiores informações, por favor, acesse www.nielsen.com

Contato para imprensa

Versátil Comunicação Estratégica (www.versatilcomunicacao.com.br)
Mariana Vieira ([email protected])
Sandra Takata ([email protected])
Tel: (11) 2832-5505