Imprensa

Vendas no interior crescem mais que nas capitais brasileiras

Dos 201 supermercados inaugurados nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Paraná, 112 deles estão em pequenas e médias cidades

São Paulo, Brasil, maio de 2012 – A Nielsen (www.nielsen.com), provedora global de informações e insights, apresenta o cenário da nova economia que pulsa no interior do Brasil, cujas vendas dos supermercados apresentam um crescimento de 13,3% em 2011, quando comparado a 2010. Nas capitais esse crescimento, no mesmo período, teve o índice de 7,8%.

“O crescimento das cidades pequenas e médias é reflexo do processo de urbanização iniciado há mais de 50 anos”, esclarece Olegário Araújo, diretor de atendimento da Nielsen. “Por influência da imigração, essas cidades apresentaram um grande crescimento demográfico e passaram a atrair investimentos do setor privado, gerando empregos e distribuição de renda”, explica.

O executivo ainda pontua que nesse cenário o principal destaque é o interior do Centro-Oeste do país, onde as vendas cresceram 9% nas capitais, enquanto a região interiorana chegou a 25%. “O consumo dessas regiões é impulsionado pela industrialização e pela criação de novos empregos”, explica Araújo.

Segundo dados da pesquisa, o crescimento nas vendas foi acompanhado de um investimento para a abertura de novas lojas. Dos 201 supermercados inaugurados em 2011 nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Paraná, 112 deles estão em pequenas e médias cidades. A região metropolitana de São Paulo registrou crescimento de 8% no número de lojas diante dos 13% registrados no interior paulista. Na mesma tendência, as regiões metropolitanas de Minas e do Paraná tiveram, cada uma delas, crescimento de 10% no número de lojas inauguradas, já no interior 36% e 25%, respectivamente.

Consumo qualificado – O crescimento do consumo no interior também está ligado aos vetores que impulsionam a economia brasileira como um todo: praticidade, sofisticação, indulgência e bem-estar. Exemplo disso é que as categorias de maior destaque em crescimento estão ligadas a esses vetores, com destaque para Carnes Congeladas, que crescem 20% no interior e 13% nas capitais. Além disso, das 10 categorias de maior contribuição ao crescimento dos autosserviços em 2011, todas registraram melhor desempenho nas cidades do interior.

“O mercado deve estar atento, pois os consumidores dessas regiões estão se tornando tão exigentes quanto os das grandes capitais. São consumidores jovens, que valorizam novidades e procuram produtos que tornem sua vida mais prática, também atendendo a um apelo de saudabilidade, sofisticação e indulgência”, finaliza o diretor

Sobre a Nielsen

Nielsen Holdings N.V. (NYSE: NLSN) é uma empresa global de informações e mensuração com posições líderes em informações de mercado e de consumo, mensuração de audiência televisiva e de outros meios de comunicação, inteligência online, mensuração de plataformas móveis, feiras e setores relacionados. A Nielsen está presente em aproximadamente 100 países, com sedes em Nova York, EUA e Diemen, Holanda. Para maiores informações, por favor, acesse www.nielsen.com

Contato para imprensa

Versátil Comunicação Estratégica (www.versatilcomunicacao.com.br)
Mariana Vieira (mariana@versatilcomunicacao.com.br)
Sandra Takata (sandra@versatilcomunicacao.com.br)
Tel: (11) 2832-5505