Imprensa

64% USARAM SMARTPHONE PARA CONSULTAR INFORMAÇÕES SOBRE A COPA

Mais da metade fez comentários sobre os jogos em sites ou aplicativos sociais

São Paulo, Brasil 7 de agosto de 2014) – Durante o Mundial de Futebol, 64% dos brasileiros adultos que possuem smartphone conectados à internet usaram o aparelho para se manter informados sobre as partidas. O número é da pesquisa Mobile Report, da Nielsen IBOPE, que mensalmente colhe informações sobre o uso da internet móvel no Brasil.

De acordo com a pesquisa, metade dos usuários de smartphones procuraram informações sobre o resultado dos jogos, 29% acompanharam a classificação das seleções, 15% buscaram notícias sobre os jogadores e 14% se informaram sobre as transmissões na TV.

Você procurou se informar sobre a Copa do Mundo por meio de seu smartphone? Quais informações você consultou?

A pesquisa foi realizada com um questionário estruturado no período de 11 a 16 de julho de 2014 com 1.195 pessoas na faixa de 18 anos ou mais de idade do painel online da Nielsen IBOPE

Fonte: Mobile Report – Nielsen IBOPE

Thiago Moreira, diretor de Digital da Nielsen, considerou o resultado positivo para o mercado de mobile no Brasil. “Os números mostram que os brasileiros usaram o smartphone para se informar sobre os jogos do Mundial, principalmente, os que estavam no trabalho ou em trânsito”, disse Thiago.

Mulheres procuraram mais informações sobre os jogadores, enquanto os homens se informaram mais sobre os bolões e a classificação das equipes

 Fonte: Mobile Report – Nielsen IBOPE

O público masculino procurou mais informações sobre a Copa do Mundo do que as mulheres, principalmente, sobre bolões e classificação das equipes. Mas as mulheres apresentaram maior interesse que os homens na busca de informações sobre os jogadores.

Os aplicativos relacionados à Copa do Mundo chegaram a ser usados por 26% dos pesquisados, sobretudo para buscar  informações sobre as partidas.

A pesquisa também descobriu que 28% dos usuários de smartphones assistiram a vídeos dos jogos pelo aparelho, com destaque para as conexões wi-fi. As pessoas das classes A e B foram as que mais assistiram a vídeos com lances curtos ou partidas inteiras por meio do smartphone.

Você fez comentários sobre a Copa do Mundo com os amigos por meio do smartphone?

Faixa Etária

18 A 24 25 A 34 35 A 49 50+ Total

Não Comentei

36% 44% 51% 57% 45%
Comentei 64% 56% 49% 43% 55%
Total 100% 100% 100% 100% 100%

Fonte: Mobile Report – Nielsen IBOPE

No entanto, nada superou o interesse dos brasileiros por comentar sobre os jogos do mundial com os amigos pelos aplicativos sociais. Dos usuários de internet pelo smartphone, 55% fizeram comentários pelo aparelho de algum site ou aplicativo social. Quem mais comentou com os amigos por meio do smartphone sobre os jogos da Copa do Mundo foram os jovens. Na faixa de 18 a 24 anos, 64% fizeram comentários. Os meios mais usados para comentar do smartphone foram os aplicativos sociais.

Sobre a Nielsen IBOPE
A Nielsen IBOPE é uma joint-venture entre a Nielsen e o IBOPE Media. Líder mundial em mensuração do comportamento dos usuários da internet, a Nielsen está presente em dez países e conta com o maior painel de internautas do mercado, com mais de 400 mil colaboradores (15.628 no Brasil, em junho). A Nielsen IBOPE, por meio de uma tecnologia proprietária, mede as atividades dos usuários na web, o movimento publicitário online e fornece dados sobre a internet no Brasil e no mundo.

Sobre a Nielsen
Nielsen Holding N.V. (NYSE: NLSN) é uma empresa global de informação e pesquisa com posições de liderança nos mercados de marketing e informação do consumidor, televisão e mensuração de outros meios de comunicação, inteligência online e pesquisa de celulares. A Nielsen está presente em, aproximadamente, 100 países, com sedes em Nova Iorque, EUA, e Diemen, Holanda – Países Baixos. Para mais informações, por favor, visite www.nielsen.com.

Sobre o IBOPE
Multinacional brasileira de capital privado, o IBOPE é uma das maiores empresas de pesquisa de mercado da América Latina e fornece um amplo conjunto de informações e estudos sobre mídia, internet, opinião pública, intenção de voto, consumo, marca, comportamento e mercado. Seus principais negócios estão concentrados nas empresas IBOPE Media e IBOPE Inteligência.