Imprensa

E-commerce cresce 6% em novembro e atinge número recorde de visitantes

No mês da Black Friday, comércio eletrônico brasileiro supera pela primeira vez 37 milhões de usuários únicos

São Paulo, Brasil (dezembro de 2013) – O número de brasileiros que visitaram as páginas do comércio eletrônico atingiu em novembro um patamar inédito. Pela primeira vez desde que a pesquisa NetView, da Nielsen IBOPE, é realizada, a categoria Comércio Eletrônico chegou a 37,9 milhões de usuários únicos, em casa ou no local de trabalho. O número correspondeu a 63,3% dos internautas do mês e representou um aumento de 5% sobre 37,9 milhões de usuários únicos do mês anterior.

A subcategoria com maior movimento em Comércio Eletrônico foi a das Lojas de Varejo, que foram visitadas por 33,4 milhões de usuários únicos no mês, registrando um crescimento de 6% sobre os 31,5 milhões do mês anterior e alcançando também uma marca inédita.

Número de usuários ativos, distribuição, sessões,  tempo de uso do computador (aplicativos incluídos) e média de páginas vistas por pessoa – Brasil – trabalho e domicílios – novembro de 2013

Também cresceram de maneira significativa os comparadores de preços, que chegaram a 19,5 milhões de usuários únicos, após um aumento de 11%, e os sites de cupons e compras coletivas, que evoluíram 8% no mês, atingindo cerca de 16 milhões de internautas.

Evolução do número de usuários únicos da subcategoria Lojas de Varejo, em milhares– Brasil – trabalho e domicílios – 2009 a 2013, com base no mês de novembro

As páginas mais visitadas nos sites de varejo no mês da Black Friday foram as que oferecem televisores, celulares, tablets, móveis e livros. Já nos comparadores de preços, os produtos mais procurados foram os smartphones.

Além dos sites de compras, também cresceu a audiência das páginas de companhias aéreas, redes sociais, buscadores e portais no mês de novembro.

Número de usuários – trabalho e domicílios

O número de usuários ativos em novembro cresceu 7% em relação ao mês anterior e chegou a 59,9 milhões, em casa ou no local de trabalho. Na comparação com os 53,6 milhões de usuários ativos de novembro de 2012, o aumento foi de 12%. Já o total de pessoas com acesso atingiu 83,7 milhões em casa ou no trabalho, o que significou um aumento de 5,3% sobre o número anterior anterior, que era de 79,5 milhões.

Evolução do tempo de uso por pessoa, número de usuários ativos e número de pessoas com acesso – Brasil – trabalho e domicílios – setembro e novembro de 2013

Número de usuários – domicílios

Pela primeira vez desde que a pesquisa Nielsen IBOPE é realizada, o número de pessoas que moram em domicílios com acesso superou a marca de 80 milhões. Segundo o levantamento realizado em novembro de 2013, 80,8 milhões de pessoas têm acesso em casa. Esse número é 16% maior que os 69,5 milhões registrados um ano antes.

Em residências, total de pessoas com acesso passa de 80 milhões e número de usuários ativos ativos supera 50 milhões

Evolução do número de pessoas com acesso e de usuários ativos – Brasil – domicílios – 2000 a 2013, com base no mês de novembro

Fonte: NetView, Nielsen IBOPE

O número de usuários ativos domiciliares também alcançou uma marca inédita. Do total de pessoas com acesso em casa, 50,8 milhões navegaram em novembro de 2013, número 14% maior do que os 44,7 milhões de novembro de 2012.