Imprensa

Nielsen lança no Brasil solução que promete decisões mais rápidas com foco no shopper

A Nielsen Brasil trouxe ao país a SmartStore, solução criativa voltada para varejistas e fabricantes com o objetivo de compreender melhor o comportamento dos shoppers (compradores) no ponto de venda. A ferramenta, apresentada nesta quinta-feira (05.03) em São Paulo, deve garantir uma avaliação de como os shoppers veem a loja e se a forma como ela está disposta na tecnologia tem gerado uma atração efetiva que leva à compra. Com a proposta de transformar radicalmente a maneira como se faz pesquisas,  SmartStore chega ao mercado brasileiro no mesmo patamar de outros 23 países, onde a solução já está sendo usada, como explica Higor Marquez, Líder de Efetividade de Vendas e Shopper, da Nielsen Brasil.

“Nielsen SmartStore oferece uma simulação realista e imersiva em um ambiente 3D e 360º das lojas. Dessa forma, ganhamos agilidade na apuração das informações, evitando riscos desnecessários de execução de pesquisas físicas e reduzindo os custos”, Higor Marquez. 

A ideia é auxiliar a indústria e varejo a avaliar e otimizar uma variedade de conceitos de vendas e lucro, com base em como os compradores-alvo reagem no momento em que estão nos pontos de venda, em qualquer formato de loja. A SmartStore se propõe a inovar e transformar os modelos de pesquisas, trazendo a realidade virtual para o contexto do varejo e, assim, criando uma solução exclusiva de pesquisa de merchandising. 

A partir de parcerias com seus clientes, a Nielsen testou a solução e a adequou às necessidades do mercado. Com essa perspectiva, a proposta é entender melhor os hábitos e comportamentos dos shoppers de maneira rápida e objetiva, usando vários cenários e monitorando desde o momento dos olhos aos dos pés deles. Como explica Sue Temple, vice-presidente Global de Consumer Insights da Nielsen.

“O ambiente desafiador do mercado provocou mudanças na mentalidade e no comportamento de compra do shopper . Com a racionalização cada vez maior dos gastos, a execução e a ativação na loja tornam-se o centro das atenções. É essencial que os fabricantes e os donos das marcas entendam o comportamento do comprador na loja e suas prioridades para atraí-lo com a oferta certa”, disse Temple.

Temple complementa que a SmartStore chega para mostrar a capacidade inovadora do setor, sendo essa uma solução de ponta e que permite aos clientes projetar seus resultados dentro da realidade. Como exemplo, Temple destaca o trabalho realizado para uma empresa do segmento de bebês na Inglaterra, onde as mudanças sugeridas a partir da plataforma resultaram em um aumento de 8% nas vendas do fabricante.