Soluções

Confiança do Consumidor

QUEM ESTÁ DISPOSTO A COMPRAR E QUEM ESTÁ APENAS OLHANDO?

Assim como você avalia o desempenho de seu negócio trimestralmente, quatro vezes por ano, a Nielsen analisa a confiança do consumidor sobre a perspectiva da situação econômica, perguntando aos consumidores sobre suas perspectivas de emprego, finanças pessoais e intenções de gasto e poupança. Alguns estão dispostos a abrir suas carteiras agora mesmo e gastar, enquanto outros estão guardando seu dinheiro para uma ocasião melhor. Para se manter conectado à evolução das prioridades dos consumidores ao redor do mundo, a Pesquisa Global Sobre a Confiança do Consumidor representa quase dois bilhões de pessoas em 60 países para lhe oferecem uma visão incomparável da confiança do consumidor em todo o mundo.

SAIBA COMO FAZEMOS

A Pesquisa Global da Nielsen sobre a Confiança do Consumidor é conduzida de forma online com mais de 30.000 entrevistados em países da África, Ásia-Pacífico, Europa, América Latina, Oriente Médio e América do Norte. Utilizamos cotas de faixa etária e sexo para garantir que os resultados sejam representativos dos usuários de Internet. Como conduzimos esta pesquisa desde 2005, oferecemos um ponto de referência constante para comparar de que forma as atitudes dos consumidores em todos os países estão mudando ao longo do tempo.

POR QUE A NIELSEN?

A pesquisa mede as atitudes dos consumidores sobre o mercado de trabalho, as intenções de gasto e a mudança de hábitos. Duas vezes ao ano, fazemos perguntas adicionais para obter uma compreensão mais profunda da percepção do consumidor em relação a temas da atualidade, tais como: lealdade, inovação de produtos, segurança dos alimentos e compras online. Os resultados oferecem a fabricantes, varejistas e meios de comunicação um conhecimento profundo sobre as atitudes e comportamento do consumidor.

Os resultados da pesquisa incluem o Índice de Confiança do Consumidor da Nielsen (ICC), que resume fatores distintos em um único indicador de confiança do consumidor por país. Ao identificar com precisão como as atitudes e os desejos estão impulsando os hábitos de compra dos consumidores, podemos ajudar a prever melhor as tendências que estão a caminho.