Insights

Crescimento de 3% nos Bens de Grande Consumo em Portugal
News

Crescimento de 3% nos Bens de Grande Consumo em Portugal

No terceiro trimestre de 2017 a Europa apresentou, nos Bens de Grande Consumo, uma evolução de preços de 2,5% e um aumento de volumes de 0,3%. No total, assistiu-se a um aumento de vendas em valor de 2,8% (mais 1,7pp em relação ao período homólogo). Estes são resultados do relatório “Growth Reporter”, desenvolvido pela Nielsen.

Portugal está entre os 10 países que mais cresceram na Europa. O consumo nacional registou no 3º Trimestre um crescimento de 0,2% em volume e um efeito-preço 2,8%, totalizando um aumento em valor de 3%. O crescimento registado por Portugal mantém-se acima da média europeia no que se refere à evolução de preços e ao crescimento em valor.

Apesar de o crescimento dos volumes ser muito inferior ao período homólogo (2,7%), há uma compensação via aumento de preço, que acaba por dar um valor total equivalente ao do período homólogo.

Até ao final do terceiro trimestre de 2017, os Bens de Grande Consumo cresceram 3,5%. Os resultados positivos devem-se ao crescimento de categorias como as Bebidas (9% as não alcoólicas e 6% as alcoólicas), os Congelados (3%), a Higiene do Lar (3%) e a Mercearia (3%). A Higiene Pessoal (2%) e os Lacticínios (1%) também apresentaram crescimento.

No acumulado até ao 3º trimestre confirma-se a inversão de tendências no que diz respeito às marcas: as Marcas da Distribuição crescem 3,9% (nomeadamente nas categorias de bebidas e higiene pessoal), ultrapassando as Marcas de Fabricante que decrescem para os 3,3%.

Perspetivas para o último trimestre do ano

O aumento de confiança por parte dos consumidores portugueses está a levar ao consumo de produtos mais premium. O consumidor procura produtos de qualidade e fundamentalmente procura uma experiência associada ao consumo, estando assim disponível para pagar preços mais elevados. No próximo trimestre, esta pode ser uma oportunidade para aumentar as vendas em valor, uma vez que será desafiante crescer ainda mais em volume sobre um período homólogo que já crescia 3,4%.

Unit Value Change/Var.preços = variação no preço pago por um consumidor por uma unidade (produto), como resultado da inflação dos preços e/ou da substituição de uma unidade de um determinado valor por outra unidade de um valor diferente.

Nominal Value Growth = Unit Value Change + Volume Change

Crescimento = Var. preços + Var. quantidade