Insights

Água Engarrafada cresce 25% em dois anos
News

Água Engarrafada cresce 25% em dois anos

Representa um acréscimo de mais de 37 milhões de euros em faturação e um crescimento no consumo de mais de 100 milhões de litros, equivalente a um aumento de 13%

Ao longo dos últimos dois anos, a Água Engarrafada tem apresentado um aumento a dois dígitos, ultrapassando a média do crescimento verificado nos Bens de Grande Consumo e quase ao nível de categorias ainda em desenvolvimento no mercado português. No acumulado dos últimos dois anos, o mercado das Águas cresceu perto de 25% em valor – o que representa um acréscimo de mais de 37 milhões de euros em faturação. No que se refere ao consumo, registou-se um crescimento de mais de 100 milhões de litros – equivalente a 13%.

86% dos lares em Portugal Continental compraram Águas Sem Gás no último ano. As Águas Sem Gás e Sem Sabor representam 75% da faturação total da categoria e mais de 95% do consumo, sendo este o segmento mais dinâmico.
As marcas procuram comunicar as características da origem do produto e seus benefícios associados e assim alcançar a diferenciação de uma categoria com características de commodity, contribuindo também para o dinamismo do segmento.

A oferta de Água Engarrafada mudou nos últimos anos. O desenvolvimento de produtos inovadores com fórmulas alternativas, como é o caso das Águas Com Sabores, levou à criação de maior valor na categoria, decorrente de um preço médio bastante mais elevado: o preço médio das Águas Lisas Com Sabor é cerca de 6x mais alto vs as Águas Lisas Sem Sabor (e nas águas com gás o rácio é de cerca do dobro).
No entanto, sabemos que estes segmentos alternativos não descolaram significativamente, mantendo o seu peso relativamente estável nos últimos anos e representando 25% da faturação total da categoria.