Imprensa

Quase seis em cada dez consumidores pagariam mais por produtos de empresas socialmente responsáveis

  • Cerca de um em cada três consumidores tem em conta, no momento de compra, o nível de compromisso da empresa com a sua comunidade
  •  O factor ambiental é decisivo para cerca de 30% dos consumidores

Lisboa, 13 de outubro de 2015 – O consumidor atual caracteriza-se, entre outras coisas, pelo seu pensamento dual, de tal forma que manifesta hipersensibilidade ao preço mas, ao mesmo tempo, está disposto a pagar mais por determinados artigos. É o caso dos produtos de marcas socialmente responsáveis, aspecto que é valorizado por 58% dos consumidores que os incluem no seu cabaz de compras mesmo que isso lhes custe mais dinheiro, de acordo com o relatório “O consumidor perante a responsabilidade social corporativa das marcas” elaborado pela Nielsen.

A RSC influencia a compra?

O consumidor procura principalmente a melhor relação qualidade-preço quando faz uma compra, um factor decisivo para três em cada quatro portugueses. Outros aspectos determinantes no momento de decisão por um ou outro artigo são: que esteja em promoção (65%), que tenha grande qualidade (62%) e que tenha benefícios saudáveis e a nível nutricional (54%).

Assim, segundo o relatório da Nielsen, o factor ambiental assume-se determinante para quase 30% dos consumidores, seja pela marca que é reconhecida pelo seu compromisso com o meio ambiente ou pelas suas embalagens serem ecológicas. 

As chaves para um crescimento aliado à RSC

 Num mercado emergente como é o das marcas com forte compromisso social e ambiental, a Nielsen sugere os requisitos que devem possuir as empresas para impulsionar esta atividade. O primeiro é direcionar o foco para os jovens, sobretudo para a geração millenials e geração Z, que formam um grupo de consumidores muito envolvidos.

 Um segundo requisito, é a relevância que os valores sociais imputam às marcas quando se trata de conquistar a confiança dos consumidores. Na verdade, essa confiança é fundamental no linear, aquando da decisão de compra, para 54% dos portugueses.

 Outros aspetos a ter em conta são a definição do propósito social da empresa de uma forma credível e com um retorno de alto valor para a sociedade. É também importante a sustentação deste esforço através do planeamento de marketing, segmentando a sua estratégia de acordo com critérios geográficos, populacionais e de produto.

Segundo o director da Nielsen Ibéria, Gustavo Núñez, “o consumidor valoriza muito as marcas que incorporam atributos social e ambientalmente mensuráveis e, tal como vimos, cerca de seis em cada dez estão dispostos a pagar mais para incluir estes produtos nas suas compras. Contudo, ainda existe margem para melhorar a disponibilidade no mercado de produtos com selos de certificação social e ambiental e, também, o próprio conhecimento sobre esses mesmos certificados”.

 Acerca do relatório

 O relatório internacional “O consumidor perante a responsabilidade social corporativa das marcas” foi realizado entre 23 de fevereiro e 13 de março de 2015 com a participação de mais de 30.000 consumidores, em 60 países incluindo Ásia-Pacífico, Europa, América Latina, Oriente Médio, África e América do Norte, e que tiveram uma criança nos últimos cinco anos. A amostra em cada país é segmentada por idade e sexo em função dos utilizadores de Internet, e tem uma margem de erro máxima de ± 0,6%. Este relatório Nielsen é baseado no comportamento dos consumidores com acesso à Internet. As taxas de penetração da Internet variam consoante o país. A Nielsen utiliza uma escala mínima de penetração de Internet de 60% ou 10 milhões de utilizadores para inclusão no inquérito. O Relatório Global da Nielsen, que inclui este estudo, começou a ser feito produzido em 2005.

 Acerca da Nielsen

Nielsen Holdings plc (NYSE:NLSN) é uma empresa global de gestão de informação que proporciona uma radiografia completa sobre o que vê e compra o consumidor. A área Watch na Nielsen proporciona às agências, anunciantes e meios de comunicação, serviços de medição de audiências (Total Audience) de qualquer dispositivo que permita acesso a conteúdos de vídeo, áudio ou texto. A área Buy fornece aos fabricantes e retalhistas de Bens de Grande Consumo uma visão geral única da sua indústria. Ao integrar a informação das áreas de Watch, Buy e outras fontes de dados, a Nielsen além de oferecer ao seus clientes uma medição de excelência, proporciona, também, uma análise detalhada do mercado que permite melhorar o rendimento do seu negócio. A Nielsen, umas das empresas presentes no ranking Standard & Poor’s 500, está presente em mais de 100 países que representam 90% da população mundial. Para mais informação, visite http://www.nielsen.com.

CONTACTO:

Ana Paula Barbosa, +35 121 781 12 00 Paula.Barbosa@nielsen.com

Pablo G. Domenech, +34 91 576 05 88, pablo@ioncomunicacion.es