Imprensa

O grande consumo em Portugal regista o seu melhor trimestre, em dois anos, com um crescimento de 2,5% de Julho a Setembro

  •  Mantêm-se a dinâmica de deflação do mercado e os preços caiem 0,6%.
  • Em comparação com as cinco grandes economias europeias, apenas Espanha cresce mais que o mercado português.

Lisboa, 16 de Novembro de 2015 – O mercado de grande consumo em Portugal registou entre Julho e Setembro o melhor trimestre em dois anos, com um crescimento de 2,5%, segundo os dados do relatório “Growth Reporter” elaborado pela consultora Nielsen. Este valor consolida o incremento verificado nos trimestres anteriores, e representa uma recuperação face ao período homólogo que decrescia cerca de 2%.

O panorama atual do mercado de grande consumo português depara-se com um cenário persistente de deflação, tendo os preços caído 0,6% durante o terceiro trimestre. Na verdade, nos últimos dois anos apenas se registaram três trimestres em que os preços aumentaram. Isto leva a que os portugueses possam comprar mais por menos, aspecto que no período analisado pelo relatório da Nielsen se traduziu num aumento de 3,1% nas compras.

Quadro 1. Evolução do mercado de grande consumo na Europa durante o terceiro trimestre de 2015.

Superado apenas por Espanha

De acordo com o relatório “Growth Reporter”, a melhora do consumo doméstico está patente no facto de Portugal ter crescido a melhor ritmo que as cinco maiores economias europeias, no terceiro trimestre. Em concreto, a Alemanha, Itália e França melhoraram 2,3%, 2% e 1,1%, respectivamente, tendo o Reino Unido caído 0,3%. Apenas Espanha, com um aumento de 3,1%, registou melhor desempenho que o mercado português.

Ainda, os valores de crescimento do mercado português não são em nada distantes da média global Europeia, que registou um aumento, também, de 3% no último trimestre. Apenas três países do velho continente encerraram este período de forma negativa: Reino Unido, Suíça e Finlândia.     

Segundo, o diretor geral da Nielsen Ibéria, Gustavo Núñez, “este crescimento na realidade traduz uma recuperação face a um Verão de 2014 particularmente negativo. As melhores condições climatéricas deste ano, aliadas a uma confiança do consumidor em alta, terão certamente contribuído para este movimento”.

Acerca do relatório

O relatório “Growth Reporter” da Nielsen compara as dinâmicas de mercado (valor global de vendas e crescimento) no setor de bens de consumo em toda a Europa. Consiste na medição de vendas feita pela Nielsen em 21 mercados na Europa e abrange as vendas em canais de Hipermercados, Supermercados e lojas tradicionais. Baseia-se num conjunto amplo de categorias medidas de forma contínua em cada um desses países e canais, entre os quais se encontra Portugal.

Acerca da Nielsen

Nielsen Holdings plc

(NYSE: NLSN http://studio5.financialcontent.com/prnews?Page=Quote&Ticker=NLSN>) é uma empresa global de gestão de informação que proporciona uma radiografia completa sobre o que vê e compra o consumidor. A área Watch na Nielsen proporciona às agências, anunciantes e meios de comunicação, serviços de medição de audiências (Total Audience) de qualquer dispositivo que permita acesso a conteúdos de vídeo, áudio ou texto. A área Buy fornece aos fabricantes e retalhistas de Bens de Grande Consumo uma visão geral única da sua indústria. Ao integrar a informação das áreas de Watch, Buy e outras fontes de dados, a Nielsen além de oferecer aos seus clientes uma medição de excelência, proporciona, também, uma análise detalhada do mercado que permite melhorar o rendimento do seu negócio. A Nielsen, umas das empresas presentes no ranking Standard & Poor’s 500, está presente em mais de 100 países que representam 90% da população mundial. Para mais informação, visite www.nielsen.com http://www.nielsen.com>

CONTACTO:

Ana Paula Barbosa, +35 121 781 12 00 [email protected]

Pablo G. Domenech, +34 91 576 05 88, [email protected]