Imprensa

Portugal com sinais evidentes de recuperação nas vendas dos bens de grande consumo

Portugal e Espanha entre os países que apresentam maior crescimento de vendas em valor

Lisboa, novembro de 2016 – Segundo o relatório Growth Reporter referente ao terceiro trimestre de 2016, desenvolvido pela Nielsen, a Europa apresentou, nos Bens de Grande Consumo, um crescimento de preços de 0,8% e um aumento de volumes de 0,3%. Neste último trimestre, e tal como tem acontecido desde o início de 2016, a Europa continua a registar menores crescimentos de preços e volumes, comparando com os resultados alcançados em 2015. No total, assistiu-se a um aumento de vendas em valor de 1,1% (-1,9pp em relação ao período homólogo).

“Observando o panorama europeu, compreendemos que o crescimento em volume dos Bens de Grande Consumo é especialmente baixo, quando comparado com períodos anteriores. Na verdade, dos 36 países analisados, 17 apresentam crescimentos negativos em volume, demonstrando uma situação pouco positiva. Destacam-se, nomeadamente, a Grécia (-8,7%) e a Lituânia (-7,3%), mas também países como a Finlândia (-3,4%), o Reino Unido (-0,5%), a Dinamarca (-0,4%), a Alemanha (-0,3%) e a França (-0,2%) apresentam crescimentos negativos de volumes”, refere Ana Baula Barbosa, Retailer Services Director da Nielsen.

Num contexto europeu claramente negativo, Portugal é um dos países da Europa que apresentam maiores crescimentos de vendas em valor (3,2%) e revela ainda um crescimento de preços nos Bens de Grande Consumo de 0,5% (face a uma deflação de -0,6% no período homólogo) e um crescimento muito positivo de vendas em volume (2,7%), situando-se largamente acima da média Europeia, que cresce 0,3%.

Unit Value Change/Var.preços  =  variação no preço pago por um consumidor por uma unidade (produto), como resultado da inflação dos preços e/ou da substituição de uma unidade de um determinado valor por outra unidade de um valor diferente.

Nominal Value Growth = Unit Value Change + Volume Change

Crescimento = Var. preços + Var. quantidade

Segundo Ana Paula Barbosa,  “estes números demonstram que Portugal está a sair de um cenário de deflação nos Bens de Grande Consumo, sendo este um sinal positivo para quem opera neste setor de atividade”.

Os resultados positivos de Portugal devem-se em parte ao forte crescimento do setor das bebidas não alcoólicas, que crescem 4% no acumulado até ao final do 3º trimestre, e das bebidas alcoólicas, que crescem 3% (resultado de um verão com temperaturas elevadas).  Os congelados também crescem 4% até este período e os produtos para higiene do lar também apresentam um crescimento de 3%. Os lacticínios, apesar da sua recuperação face ao período homólogo, continuam a apresentar perdas de vendas (-1%).

Apesar do crescimento das Marcas de Fabricante (3%), as Marcas da Distribuição começam a apresentar sinais de uma recuperação gradual (-1% contra um período homólogo de -3%). Estas marcas apresentaram resultados muito positivos durante o verão e destacam-se especialmente no setor da higiene pessoal, em que o seu crescimento ultrapassou o das Marcas de Fabricante nos últimos meses.

Sobre o relatório

O relatório “Growth Reporter” da Nielsen compara as dinâmicas de mercado (valor global de vendas e crescimento) no setor de bens de consumo em toda a Europa. Consiste na medição de vendas feita pela Nielsen em 21 mercados na Europa e abrange as vendas em canais de Hipermercados, Supermercados e lojas tradicionais. Baseia-se num conjunto amplo de categorias medidas de forma contínua em cada um desses países e canais, entre os quais se encontra Portugal.

Sobre a Nielsen

A Nielsen N.V. (NYSE: NLSN) é uma empresa global de gestão de informação, que proporciona uma visão completa sobre o que o consumidor vê e compra. A área Watch da Nielsen oferece aos seus clientes de media e publicidade, serviços de medição de audiência (Total Audience) de qualquer dispositivo, em que é possível ter acesso a conteúdos (vídeo, áudio, texto). A área Buy oferece aos fabricantes e retalhistas de bens de grande consumo uma visão global única do desempenho da indústria. Ao integrar informação das áreas de Watch, Buy e outras fontes de dados, a Nielsen disponibiliza aos seus clientes uma medição de primeiro nível, bem como análises avançadas que contribuem para o crescimento do negócio. A  Nielsen, empresa conceituada na Standard & Poors 500, está presente em mais de 100 países, representando 90 por cento da população mundial. Para mais informações, visite www.nielsen.com. Pode também seguir-nos no Twitter, através da conta Nielsen Portugal (@NielsenPortugal) para acesso a conteúdos exclusivos deste canal de comunicação e divulgação de #insights de #consumo.

CONTACTO:

Nielsen | Marta Correia |+351 217811200| marta.correia@nielsen.com