Imprensa

Natal é sinónimo de aumento de consumo

Bacalhau, Bebidas Alcoólicas, Bolachas, Carne, Chocolates, Frutos Secos e Perfumes são os produtos que mais se destacam

Dados Nielsen demonstram que, na passada época natalícia, se verificou um crescimento nos Bens de Grande Consumo superior à média anual e que quase 50% das vendas foram realizadas através de promoções (um crescimento de 1.3pp face ao ano anterior). Sendo o Natal o período do ano mais importante para os bens de retalho alimentar, são produtos como o Bacalhau, as Bebidas Alcoólicas, alguns segmentos de Bolachas, algumas Carnes (típicas desta época), os Chocolates, os Frutos Secos e os Perfumes aqueles que ganham mais importância.

Os Bombons continuam a ser um dos principais produtos para oferta, e a prova disso é o facto de esta categoria continuar a crescer a 2 dígitos e representar 74% do valor total de vendas de chocolate neste período.
Embalagens alusivas à quadra natalícia podem ter estado na origem do forte dinamismo de Tabletes e Pastilhas de chocolate, que cresceram acima dos 40% em volume e valor no Natal de 2016.

A tradição mantém-se com o elevado consumo de Bacalhau na época de Natal. No entanto, a procura por conveniência impulsiona o forte crescimento do Bacalhau Congelado, tal como aconteceu no Natal de 2016 (+42% em volume). A semana do Natal é a mais importante para o Bacalhau Congelado, representando este segmento 19% das vendas do total de Bacalhau apenas neste período. No entanto, se analisarmos o consumo total da categoria durante o mês de Dezembro, o Bacalhau Seco continua a representar a grande fatia, com 88% das vendas.

E no que se refere às Bebidas Alcoólicas, será que também o consumo destes produtos está a mudar? Produtos como Whisky, Vinho do Porto, Licores, Espumantes, Aguardentes e Aperitivos ganham importância no Natal. No entanto, as categorias que mais cresceram em volume comparativamente com o ano anterior (acima dos 10%) foram Aguardentes, Vodka, Rum e Gin. Categorias como Vinho, Vinho do Porto, Whisky e Licores não têm um dinamismo tão acentuado, mas o maior crescimento em valor vs volume indica-nos uma tendência de maior procura por segmentos mais seletivos nestas categorias.

Segundo Marta Teotónio Pereira, Client Consultant Senior da Nielsen, “o Natal é uma época propícia ao consumo, seja para preparação de refeições, que ganham especial destaque nesta quadra, seja para oferta, onde as embalagens especiais e o prestígio ocupam especial destaque”.

Para o Natal de 2017, “iremos continuar a assistir a alterações de consumo nas categorias tipicamente fortes no Natal, nomeadamente no Bacalhau e nas Bebidas Alcoólicas. A dinâmica do mercado deverá manter-se, assim como a forte atividade promocional”, explica.

Fonte: Nielsen Painel de Lares (MarketTrack + TSR) 2016

Sobre a Nielsen

A Nielsen N.V. (NYSE: NLSN) é uma empresa global de gestão de informação, que proporciona uma visão completa sobre o que o consumidor vê e compra. A área Watch da Nielsen oferece aos seus clientes de media e publicidade serviços de medição de audiência (Total Audience) de qualquer dispositivo em que seja possível ter acesso a conteúdos (vídeo, áudio, texto). A área Buy oferece aos fabricantes e retalhistas de Bens de Grande Consumo uma visão global única do desempenho da indústria. Ao integrar informação das áreas de Watch, Buy e outras fontes de dados, a Nielsen disponibiliza aos seus clientes uma medição de primeiro nível, bem como análises avançadas que contribuem para o crescimento do negócio. A Nielsen, empresa conceituada na Standard & Poors 500, está presente em mais de 100 países, representando 90 por cento da população mundial. Para mais informações, visite www.nielsen.com. Pode também seguir-nos no Twitter, através da conta Nielsen Portugal (@NielsenPortugal) para acesso a conteúdos exclusivos deste canal de comunicação e divulgação de #insights de #consumo.

CONTACTO:

CREATIVE INDUSTRIES PROGRAMMES by SC|Sandra Lopes |+351 933 212 131 |press.media@creativebysc.eu

Nielsen | Marta Correia |+351 217811200| marta.correia@nielsen.com