Insights

Estudo Global: Confiança do Consumidor Quarto Trimestre 2016
Reporte

Estudo Global: Confiança do Consumidor Quarto Trimestre 2016

{“order”:6,”name”:”pubdate”,”attributes”:{“sling:resourceType”:”nielsenglobal/components/content/publishdate”},”children”:null}

Em meio a um ano de grandes mudanças, a confiança do consumidor terminou em alta na maioria dos mercados em 2016.

● O índice global de confiança do consumidore foi de 101 no quarto trimestre, aumentando três pontos em relação ao primeiro.

● Quarenta e quatro dos 63 mercados medidos pela pesquisa terminaram o ano com maiores pontuações de confiança do consumidor do que tinham no início.

● Na América do Norte, a confiança fechou o ano com uma pontuação de 120, impulsionada por um número elevado dos EUA.

● Na Europa, a confiança do consumidor melhorou em 25 dos 34 mercados medidos do primeiro para o quarto trimestre, com maior aumento durante o ano nos Países Baixos (15 pontos)

● Na Ásia-Pacífico, 10 dos 14 mercados terminaram 2016 com maiores pontuações de confiança do consumidor do que no início do ano, com o maior aumento nas Filipinas (13 pontos)

● Na América Latina, três dos sete mercados encerraram o ano com mais confiança do que começaram. O Brasil foi o maior motor da região, aumentando 11 pontos do primeiro trimestre para o quarto.

● Na região da África / Oriente Médio, a confiança recuou cinco pontos do primeiro para o quarto trimestre, impulsionado por quedas de dois dígitos no Egito e na Arábia Saudita.

Sobre a Pesquisa – A Pesquisa Global da Nielsen sobre a Confiança do Consumidor e as Intenções de Gastos foi realizada entre 31 de outubro a 18 de novembro de 2016, e consultou mais de 30.000 consumidores on-line em 63 países distribuídos pela Ásia Pacífico, Europa, América Latina, Oriente Médio e África, e América do Norte. A amostra inclui usuários de Internet que concordaram em participar da pesquisa e tem quotas com base em idade e sexo para cada país. Foi ponderada para ser representativa dos consumidores da Internet por país. Pelo fato da amostra estar baseada naqueles que concordaram em participar, não é possível calcular estimativas de erros teóricos de amostragem. Entretanto, uma amostra de probabilidade de tamanho equivalente teria uma margem de erro de ±0,6% em âmbito global. Esta pesquisa Nielsen está baseada apenas no comportamento de entrevistados com acesso à Internet. As taxas de penetração de Internet variam conforme o país. A Nielsen utiliza um padrão de apresentação de relatório mínimo de 60% de penetração de Internet ou uma população on-line de 10 milhões para inclusão de pesquisa. O Índice de Confiança do Consumidor da China é compilado a partir de uma pesquisa distinta de metodologia mista, entre 3.500 entrevistados na China. Os países africanos subsaarianos neste estudo são compilados a partir de uma pesquisa distinta de metodologia móvel, entre 1.600 entrevistados em Gana, Quênia e Nigéria. A Pesquisa Global Nielsen, que inclui o Índice de Confiança do Consumidor Global, foi estabelecida em 2005.

Baixar One Page

Baixar One Page

Estudo Global: Confiança do Consumidor Quarto Trimestre 2016

To access the full report, please provide the following info:

Pressionando o botão “Enviar”, concorda com nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso.