Imprensa

74% dos brasileiros estão dispostos a comprar produtos de empresas com programas sustentáveis

Além disso, quase 30% da população aceitariam um salário menor para trabalhar em uma empresa que também seja socialmente responsável

São Paulo, Brasil, março de 2012 – De acordo com a Pesquisa Global sobre Responsabilidade Social Corporativa, realizada pela Nielsen (www.nielsen.com), provedora global de informações e insights, 77% da população da América Latina preferem comprar produtos e serviços de empresas que tenham programas de responsabilidade social. Nesse quesito, o destaque fica por conta da Colômbia, em que 86% da população apresentam essa preferência. Apesar de ter alcançado um número expressivo (74%), o país ficou abaixo da média da região, o Brasil não figura entre os mais conscientizados, ao lado de Argentina e Peru, com 74% e 75%, respectivamente.

Além disso, 46% dos brasileiros estão dispostos a pagar mais por produtos e serviços que venham dessas empresas, percentual também abaixo da média dos latinos que é de 49%. Colômbia chega a 60% dos consumidores que desembolsariam mais nos produtos. México, Chile, Venezuela e Peru também alcançam índices maiores que a média da região, respectivamente 55%, 54%, 53% e 51%. Os argentinos são os que menos estão dispostos a tal atitude, com apenas 42%. Ainda assim, a região como um todo aparece com índices superiores aos encontrados na Europa e na América do Norte, que tem em média 32% e 35%, respectivamente.

“Saber quais causas são as mais importantes para os consumidores com preocupações sociais pode ajudar as marcas a priorizarem seus investimentos de cunho social”, esclarece Claudio Czarnobai, analista de mercado da Nielsen.

Na hora do trabalho – O percentual de toda a América Latina cai de forma expressiva quando o ponto abordado é estar disposto a ter um salário menor para trabalhar em empresas sustentáveis. Com o menor índice, apenas 24%, os argentinos aceitariam essa situação, já no Brasil 27% da população estaria disposta a ganhar menos. O México, com o maior índice, chega a 31%.

Entretanto, quando o impacto não é no bolso, os latinos aumentam a preferência, 73% afirmam preferir trabalhar em empresas socialmente responsáveis. Ainda abaixo da média da região, 71% dos brasileiros possuem a mesma vontade. México, Chile e Argentina apresentam respectivamente com 79%, 75% e 68%.

Garantia da sustentabilidade ambiental – O crescimento da preocupação das empresas em dar retorno à sociedade está muito atrelado à demanda de muitos consumidores. Prova disso é o percentual de consumidores com preocupações sociais que acreditam que empresas devem apoiar causas específicas. No mundo, 66% acreditam que as empresas deveriam garantir a sustentabilidade ambiental. Essa garantia é uma das causas mais importantes que os consumidores de três (América Latina, Ásia-Pacífico e Europa) dos cinco continentes acreditam que as empresas devem apoiar.

Quando questionados sobre que tipo de empresa os brasileiros preferem investir e fazer negócios, mais de 70% também elegem empresas que possuem programas de responsabilidade social. A média da região também fica acima dos 70% neste quesito.

“A preocupação social tem sido muito valorizada pelos consumidores da atualidade. Sejam eles mais, sejam menos engajados, os consumidores de hoje procuram mais produtos e serviços de empresas socialmente responsáveis”, finaliza o analista.

Sobre a Pesquisa Global Online da Nielsen

A Pesquisa Global sobre Responsabilidade Social Corporativa da Nielsen foi conduzida de 31 de agosto a 16 de setembro de 2011 e entrevistou mais de 28.000 consumidores com acesso à Internet em 56 países na Ásia-Pacífico, Europa, América Latina, Oriente Médio, África e América do Norte. A amostra possui quotas de faixas etárias e sexo para cada país com base no número de internautas e é ponderada para ser representativa dos consumidores com acesso à Internet, tendo uma margem de erro máxima de ±0,6%. Esta pesquisa da Nielsen se baseia apenas no comportamento de entrevistados com acesso à Internet. As taxas de penetração de Internet variam por país. A Nielsen utiliza um reporte padrão mínimo de 60 por cento da penetração de Internet ou uma população de no mínimo 10 milhões de usuários de Internet para que o país seja incluído na pesquisa. A Pesquisa Global da Nielsen foi estabelecida em 2005.

Sobre a Nielsen

Nielsen Holdings N.V. (NYSE: NLSN) é uma empresa global de informações e mensuração com posições líderes em informações de mercado e de consumo, mensuração de audiência televisiva e de outros meios de comunicação, inteligência online, mensuração de plataformas móveis, feiras e setores relacionados. A Nielsen está presente em aproximadamente 100 países, com sedes em Nova York, EUA e Diemen, Holanda. Para maiores informações, por favor, acesse www.nielsen.com.

Contato para imprensa

Versátil Comunicação Estratégica (www.versatilcomunicacao.com.br)
Mariana Vieira (mariana@versatilcomunicacao.com.br)
Sandra Takata (sandra@versatilcomunicacao.com.br)
Tel: (11) 2832-5505