Insights

Estudo Global: o que há em nossa comida e nossa mente?
Reporte

Estudo Global: o que há em nossa comida e nossa mente?

{“order”:6,”name”:”pubdate”,”attributes”:{“sling:resourceType”:”nielsenglobal/components/content/publishdate”},”children”:null}

Quatro fatores macroambientais estão contribuindo para aumento no foco em saúde e bem-estar:

O envelhecimento da população global; a elevação das taxas de doenças crônicas; aumento com autocuidado, tratamento e prevenção; consumidores cada vez mais conscientes e conectados.

Sensibilidade a alimentos também está influenciando preferências alimentares. Mais de um terço (36%) dos respondentes globais dizem ter alergia ou intolerância a um ou mais gêneros alimentícios, os dados de vendas no varejo têm mostrado forte crescimento no Reino Unido, Alemanha e Estados Unidos de produtos específicos para pessoas que sofrem de sensibilidade alimentar.

Aproximadamente dois terços dos respondentes globais (64%) dizem que seguem uma dieta que limita ou proíbe o consumo de alguns alimentos ou ingredientes, com taxas de respostas mais altas que a média na África/Oriente Médio (84%) e Ásia-Pacífico (72%).

Dados de venda no varejo apontam que consumidores estão reduzindo certos alimentos que são tipicamente ricos em gordura, açúcar ou sódio, mas ainda há espaço para indulgências na dieta do consumidor, particularmente em opções mais saudáveis.

Consumidores estão adotando uma mentalidade de se ater ao básico, focando em ingredientes simples e menos alimentos processados. Mais da metade dos consumidores diz que evitaria ingredientes artificiais, hormônios ou antibióticos, transgênicos (OGM) e bisfenol A (BPA).

Há uma clara oportunidade de melhorar o atendimento às necessidades dietéticas do consumidor. Entre os respondentes que disseram ter alguma sensibilidade alimentar ou seguir uma dieta especial, menos da metade (45%) acredita que suas necessidades estão sendo completamente supridas pelas ofertas atuais de produtos.

SOBRE O ESTUDO

A Pesquisa Global da Nielsen foi realizada entre 01 a 23 de março de 2016, e entrevistou consumidores on-line em 63 países, ao passo que o Inquérito de jantar Out-of-Home Nielsen Global foi realizada 10 de agosto-setembro 4, 2015, e entrevistados consumidores em 61 países. Ambas as pesquisas entrevistou mais de 30.000 entrevistados em todo o Ásia-Pacífico, Europa, América Latina, Oriente Médio / África e América do Norte. A amostra para ambas as pesquisas inclui usuários de internet que concordaram em participar desta pesquisa e tem quotas com base na idade e sexo para cada país. É ponderado para ser representativa de consumidores de internet por país. Porque a amostra é baseada em aqueles que concordaram em participar, não há estimativas de erro de amostragem teórica pode ser calculada. No entanto, uma amostra probabilística de tamanho equivalente teria uma margem de erro de ±0,6% a nível global. Esta pesquisa Nielsen é baseada apenas no comportamento dos entrevistados com acesso on-line. Taxas de penetração da Internet variam consoante o país. Nielsen usa um padrão de relato mínimo de 60% de penetração da Internet ou de uma população on-line de 10 milhões para a inclusão da pesquisa.

Baixar One Page

Baixar One Page

Estudo Global: o que há em nossa comida e nossa mente?

To access the full report, please provide the following info:

Pressionando o botão “Enviar”, concorda com nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso.