Insights

360° Consumer View – O cenário de consumo do Brasil
Report

360° Consumer View – O cenário de consumo do Brasil

{“order”:6,”name”:”pubdate”,”attributes”:{“sling:resourceType”:”nielsenglobal/components/content/publishdate”},”children”:null}

Após alguns anos de incentivo ao consumo interno e ao crédito, o brasileiro se viu diante de um cenário de crescimento e melhora no seu bem estar e poder aquisitivo. Porém, sem alternativas para aperfeiçoamento da infraestrutura e com o endividamento da população, esse modelo econômico foi impactado, trazendo uma nova perspectiva. Inflação, retração do PIB, desemprego crescente e uma crise política, não só afetaram a economia, mas também a confiança do consumidor. O brasileiro hoje tem preocupações diferentes quando comparadas a um ano antes da crise. Qualidade de vida, em 2013, dentro das principais preocupações, sai do ranking, tendo seu lugar ocupado pela economia e aumento dos preços dos alimentos.

Nesse contexto, os consumidores se vêem na necessidade de conter gastos, assumir menos riscos e ter foco nas escolhas e decisões de compra. A compra da casa própria é adiada, gastos com lazer e vestuários são reduzidos, assim como itens essenciais como transporte e educação. Após dois anos gastando mais do que ganham, as famílias, na média, conseguiram equilibrar as contas em 2016. Pela primeira vez a Classe C, que antes liderou o crescimento do Brasil, passa a controlar suas despesas.

Hoje 52% dos lares brasileiros foram impactados pelo cenário econômico. São lares endividados que não conseguirão pagar suas dívidas, ou em que algum membro da familia ficou desempregado. Esses lares estão concentrados na classe C, comprometendo principalmente mulheres sem ensino médio completo e jovens de até 24 anos.

Mesmo impactados, esses domicilios tem comprado em média mais itens que antes, embora gastando menos. E algumas cestas de produtos, como a bebidas alcóolicas, se destacaram nesse grupo devido a redução fora do lar que puxou o consumo para dentro de casa. A troca por marcas mais baratas também beneficiou, em geral, fabricantes mais competitivos.

Vale destacar, que mesmo nesse contexto antes de reduzir consumo de alimentos, bebidas, itens de higiene/beleza e limpeza do lar, 58% adota outras medidas, tais como reduzir gastos com lazer fora de casa e 18% dos lares declarararam não ter feito nenhum tipo de mudança orçamentária. E que mais de 1/3 das familias afirmam que irão se endividar novamente, após a quitação de suas dívidas. Esses números indicam que há oportunidades para a indústria driblar a crise, adaptando seu portfolio as novas necessidades. 

Sabemos que todo momento econômico é cíclico e que há previsões de melhora da economia em 2018. É importante ficar atento as tendências em relação ao envelhecimento da população, aos millenials que podem gerar longevidade as marcas e aos novos formatos de canais de compra, cada vez mais tecnológicos.

Baixar One Page

Baixar One Page

360° Consumer View – O cenário de consumo do Brasil

To access the full report, please provide the following info:

Pressionando o botão “Enviar”, concorda com nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso.