Centro de Notícias > Responsabilidade e Sustentabilidade

Nielsen cumpre seu objetivo para 2020 de garantir que zero por cento de seus resíduos eletrônicos globais vá para aterros sanitários

Leitura de 3 minutos | Setembro 2020

Estamos entusiasmados em compartilhar que a Nielsen está desviando 100% de nossos equipamentos de tecnologia da informação de aterros sanitários para a gestão de fim de vida útil a fim de serem reciclados, reformados ou reutilizados. Através das avaliações de materialidade não financeira da Nielsen, sabemos que enfrentar as mudanças climáticas e mitigar os impactos éticos, sociais e ambientais de nossa cadeia de valor são questões fundamentais para operar como uma empresa responsável. Como parte desses impactos, a gestão de resíduos é uma das áreas de negócios mais críticas onde podemos fazer um impacto relevante e impulsionar nossa estratégia ambiental.

"Estamos orgulhosos de ter cumprido nosso compromisso de 2020 para garantir uma gestão engenhosa e responsável de nosso lixo eletrônico", disse Yamini Dixit, Diretor de Responsabilidade Global e Sustentabilidade da Nielsen. "Entendemos o potencial dos resíduos eletrônicos como um poluente tóxico e seu impacto sobre nosso meio ambiente e saúde, e levamos a sério o papel da Nielsen em seu ciclo de vida. Do consumo ao descarte, procuramos impulsionar eficiências que ajudem a minimizar nossa pegada global de resíduos e seus efeitos negativos". 

Em 2016, nos propusemos a criar um roteiro para definir e medir os diferentes fluxos de resíduos da Nielsen, e determinamos que o lixo eletrônico (e-waste) era um contribuinte significativo para a pegada geral de resíduos do negócio. Como resultado, em 2017, estabelecemos um indicador-chave de desempenho da Nielsen para garantir que nenhum de nossos resíduos eletrônicos globais fosse enviado para aterros sanitários até o final de 2020. 

Quando a Nielsen estabeleceu sua meta, um esforço de due diligence foi iniciado por nossa equipe de infraestrutura para avaliar todos os itens eletrônicos gerenciados pela Nielsen, dando-nos uma compreensão clara de nossos processos de uso e descarte. O portfólio global da Nielsen dos fornecedores de gerenciamento de resíduos eletrônicos foi então avaliado segundo critérios econômicos e ambientais específicos para avaliar seus processos atuais e as lacunas de requisitos. "A equipe de infraestrutura global da Nielsen iniciou este esforço para garantir que continuemos fazendo nossa parte na busca de eficiências ambientais em nossos processos", disse Leah Morris, Gerente Sênior de Tecnologia da Nielsen. "A maneira que escolhemos para fazer isso foi verificando se temos visibilidade em cada dispositivo eletrônico em todos os países em que operamos, para que possamos cumprir com os objetivos da Nielsen".

Usando as informações dessas avaliações, a Nielsen tomou a decisão de reformular a atual carteira de fornecedores e colaborar apenas com aqueles que apoiaram nosso objetivo de disposição responsável de nosso e-waste. Até 2019, tínhamos identificado e integrado três fornecedores primários que estão garantindo que todo o lixo eletrônico da Nielsen seja reutilizado ou reciclado. A Nielsen também reteve fornecedores secundários em locais onde os fornecedores globais são incapazes de operar. Menos de 3% do portfólio de e-waste da Nielsen cai nessas áreas, e a exigência continua sendo de que 100% de nossos dispositivos sejam descartados de forma responsável.

Este tem sido um esforço colaborativo e de vitória em todas as funções da Nielsen, com um objetivo unificado de impulsionar mudanças sustentáveis através de nossa cadeia de valor. A visão da Nielsen para o futuro continua sendo a tolerância zero para acrescentar resíduos aos aterros sanitários e garantir a construção de processos e parcerias que mantenham nosso compromisso com a cidadania responsável.