Centro de Notícias >

Nielsen e McKinsey formam Joint Venture

Leitura de 4 minutos | Junho 2010

NOVA YORK - 14 de junho de 2010 - A Nielsen Company (Nielsen) e a McKinsey & Company (McKinsey) anunciaram hoje uma joint venture global, NM Incite, criada para ajudar as empresas líderes a aproveitar o poder da inteligência da mídia social para impulsionar um desempenho comercial superior. A NM Incite dá às empresas a capacidade de compreender melhor, valorizar e tirar proveito das ricas percepções tornadas possíveis pelas mídias sociais.

A NM Incite se baseia na mídia social líder da indústria e em métricas de marca on-line, na percepção do consumidor e na inteligência de mercado em tempo real da Nielsen BuzzMetrics para transformar as operações comerciais, incluindo desenvolvimento de produtos, marketing, comunicação e atendimento ao cliente. Com a criação deste novo empreendimento, BuzzMetrics se torna parte integral da NM Incite.

"Nosso empreendimento com a McKinsey ampliará nossa capacidade de ajudar os clientes a responder a uma das questões centrais enfrentadas pelos CEO's, como destravar a promessa da mídia social", disse David Calhoun, CEO da Nielsen. "Nossos clientes querem tirar o máximo proveito do que é possível. NM Incite fundirá a mídia social com a empresa, criando novas oportunidades, eficiências e vantagem competitiva".

A McKinsey está contribuindo com a capacitação e experiência do cliente nas áreas de marketing e vendas, organização e operações de serviços. A McKinsey atende a múltiplos clientes e desenvolveu conhecimento proprietário e percepções distintas em áreas como marketing digital, ROI de marketing, marketing boca-a-boca e comportamento de compra do consumidor.

A NM Incite aconselha os executivos seniores e fornece medições, ferramentas e novos processos para impulsionar a transformação organizacional. Trabalhando em conjunto com clientes piloto selecionados, a NM Incite está desenvolvendo suas três primeiras áreas de solução, que devem estar disponíveis neste outono. As áreas iniciais de foco são medir e melhorar a eficácia do marketing, a otimização do lançamento de produtos e a experiência de atendimento ao cliente.

"À medida que as necessidades de nossos clientes evoluem, nossa empresa inova continuamente na forma como trabalhamos", disse Dominic Barton, Diretor Geral Global da McKinsey. "A mídia social é uma questão cada vez mais crítica para os líderes empresariais e uma área de oportunidades inexploradas para muitos de nossos clientes". Esta joint venture equipará as instituições com insights em tempo real para ajudar seus líderes a conduzir melhores resultados".

A NM Incite trabalhará com o ecossistema expansivo de empresas de comunicação interativa, marketing e estratégica e outras empresas de tecnologia e mídia social para implementar soluções para os clientes, ajudar a moldar ofertas futuras e desenvolver novas métricas.

A NM Incite está sediada em Nova Iorque e é liderada por Dave Hudson, anteriormente Vice-Presidente Executivo de Serviços ao Cliente Global da Nielsen's Telecom Practice, como CEO. O Sr. Hudson traz mais de 20 anos de experiência em funções operacionais e de consultoria, trabalhando com clientes para aproveitar os dados da Nielsen para melhorar o desempenho dos negócios e impulsionar o crescimento.

"Os executivos seniores de empresas globais reconhecem instintivamente as possibilidades de incorporar a percepção e a capacidade da mídia social em suas organizações. Eles simplesmente precisam de ajuda para torná-la uma realidade", disse Hudson. "A NM Incite, em conjunto com os outros parceiros digitais de nossos clientes, ajudará as empresas a transformar a forma como fazem negócios". Estou entusiasmado com a oportunidade de fazer parte deste novo empreendimento".

Para mais informações, por favor, visite www.nmincite.com.

_____________________________________________________

ANEXO AO COMUNICADO DE IMPRENSA

De acordo com a Nielsen: Internet & Social Media Consumer Insights

medida que as empresas líderes aumentam o foco no pleno potencial das mídias sociais, o comportamento do consumidor on-line - desde quais sites freqüentam (e por quanto tempo) até o que fazem on-line - é a base para a percepção e a tomada de decisão informada.

A seguir, dados selecionados da Pesquisa de Confiança do Consumidor do 1º trimestre de 2010 da Nielsen, relatórios do 1º trimestre de 2010 @Plan e ferramentas de medição de audiência. Favor fornecer todos os dados para "Nielsen".

- Mais de dois terços dos consumidores globais buscam revisões de produtos on-line, recomendações de fóruns de discussão ou sites de mídia social ao tomar uma decisão de compra.
- 40% dos consumidores globais não comprariam Consumer Electronics, 22% não comprariam Serviços de Telecomunicações e 19% não comprariam Dispositivos de Jogo sem consultar revisões on-line.
- 21% dos adultos norte-americanos on-line publicam ou possuem um blog.
- 55% dos adultos americanos on-line têm 1 ou mais perfis de redes sociais.
- 75% dos domicílios ativos dos EUA na Internet visitam um site de redes sociais (maio de 2010). Globalmente, é de 74% (abril de 2010).
- Os sites de redes sociais tiveram uma audiência única nos EUA de 148,2 milhões de visitantes (maio de 2010).
- Os consumidores dos EUA passaram uma média de 6 horas, 13 minutos por mês usando sites de redes sociais (maio de 2010). Globalmente os consumidores gastam uma média de quase 6 horas (abril de 2010).
- Facebook é o site de rede social número 1 nos EUA, com uma audiência única de 125,2 milhões de visitantes (maio de 2010).
- O trabalhador americano médio passa quase 5,5 horas por mês visitando sites de redes sociais no escritório (maio de 2010) e grande parte desse tempo é gasto visitando o Facebook.
- O Twitter tem uma audiência única nos EUA de 19,1 milhões de visitantes (maio de 2010), crescendo mais de 1,520% nos últimos dois anos (maio de 2010 v. maio de 2008).

Os consumidores estão contribuindo e compartilhando on-line:

- 20% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre filmes
- 18% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre programas de televisão
- 16% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre música
- 14% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre livros
- 13% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre sites / conteúdo e serviços da Internet
- 12% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre produtos para o lar (alimentos e bebidas)
- 12% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre produtos para o lar (alimentos e bebidas) - 12% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre livros - 13% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre sites / conteúdo e serviços da Internet - 12% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre produtos para o lar (alimentos e bebidas) Adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre Restaurantes ou Bares
- 11% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre Hardware/Software
- 11% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre Eletrônicos
- 9% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre Compras on-line
- 8% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre Jogos de Vídeo
- 8% dos adultos americanos on-line dão conselhos frequentes sobre Produtos para o Lar (não-alimentícios)