Pular para o conteúdo
02_Elements/Icons/ArrowLeft Voltar para o Insight
Insights > Mídia

A REGRA DOS CINCO: MENOS PODE SER MAIS...

Leitura de 3 minutos | Maio 2015

Embora as maiores marcas da Índia ainda destinem a maior parte de seus gastos com mídia para publicidade televisiva, suas campanhas criativas não são tão à prova de balas como eram antes. Hoje, os consumidores são distraídos por uma crescente avalanche de mensagens, são mais inconstantes com seus controles remotos e, outrora, as faixas horárias têm que competir com a mídia digital. Como resultado, os resultados dos comerciais cada vez mais caros na TV estão se tornando menos previsíveis e mais baratos para se investir.

Apesar das opções e canais disponíveis aos consumidores atualmente, o amplo alcance da TV e sua presença inigualável no lar torna a publicidade televisiva uma parte crítica de qualquer campanha de mídia de massa. Então, o que os marqueteiros podem fazer para maximizar o retorno sobre o investimento (ROI)? Para ajudar a encontrar clareza dentro do novo cenário da mídia, estudamos milhões de segundos de publicidade televisiva entre categorias para identificar as cinco características-chave de campanhas televisivas de sucesso.

Cuidado, porém. Estas descobertas não são para os fracos de coração ou para os gerentes de marca de um tempo governado por canais limitados e poucos veículos de mídia. Mas eles podem ser uma fonte inestimável de direção estratégica e planejamento para os guardiões da marca e da mídia que estão dispostos a rastrear, monitorar e alterar suas campanhas em vôo, em vez de depois de terem seguido seu curso. Para os mais ágeis, estas diretrizes podem formar a base de uma gestão de campanha mais inteligente e uma direção criativa que pode gerar melhores retornos e economias que podem financiar uma maior amplitude de atividades de apoio de marketing para complementar uma grande campanha televisiva.

Regra 1 - O conteúdo forte de um anúncio rompe 4x melhor do que um anúncio fraco.

Regra 2 - Seja categórico sobre sua comparação: Destacar-se dentro de sua categoria é mais importante do que ser apreciado. 

Regra 3 - A duração não define o impacto: Formatos mais longos não garantem maior ressonância publicitária.

Regra 4 - Eliminar sobreposições = Eficiência = Melhor ROI 

Regra 5 - Diferenciar mais para evitar "ajudar" os concorrentes

Menos é mais... às vezes

O avanço do anúncio, que confirma que tanto um anúncio quanto a marca em destaque foram lembrados pelos entrevistados, não varia significativamente entre formatos. Formatos mais longos, apesar da fanfarra que eles tendem a receber, não garantem necessariamente uma alta ressonância do anúncio. Na verdade, embora o zumbido ao seu redor possa levar a um maior interesse e memorabilidade, eles geralmente se esforçam demais para ver repetidamente.

É mais importante que os anunciantes se concentrem em criar um anúncio atraente e integrar sinais de marca adequados do que gastar dinheiro em um formato mais longo apenas para criar uma mensagem mais longa.

Esta não é uma lista exaustiva de regras nem uma poção mágica para curar a má publicidade. Mas é uma lista que pode ajudá-lo a refinar sua estratégia e tática enquanto uma campanha está sendo concebida e executada. Lembrando que uma proposta distinta, a duração certa, uma melhor compreensão de sua demografia desejada e o grau certo de diferenciação podem tornar sua campanha mais memorável e eficaz, compreende uma fórmula surpreendentemente simples para o sucesso. A chave é lembrar de aplicar estas regras no decorrer de uma campanha, e não depois que for tarde demais para fazer mudanças.

Para mais detalhes, baixe o relatório completo (canto superior direito).